segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

FELIZ 2013!

new years eve 20136 New Years Eve 2013

Muito Sucesso, Saúde, Amor, Dinheiro, Coisas Boas, Gargalhadas, Amigos!


Terra dos Sonhos


Devo dizer que a Câmara Municipal de Santa Maria da Feira está de Parabéns. Para já ainda não estou a falar do evento em si, mas pela dinamização, por remar contra a maré e em vez de estar a pensar em parar por causa da crise, pensa em avançar, dinamizar.
Já é conhecido por todos a realização da Feira Medieval no Verão, em evento muito bem preparado e conseguido e que está a marcar o panorama cultural do país.
Visito a Feira Medieval quase desde o início e é notório o crescimento. Claro que este ano já se pagou entrada, quando até então não se pagava, mas temos que compreender, os tempos estão maus para todos e dessa forma a Feira não morre e pode continuar a crescer.

No fim de semana fui à Terra dos Sonhos.


Não posso dizer que adorei, mas estava muito giro.

Claro que não gostei de pagar 6€ por adulto, não gostei da definição de família que eles têm (há uma modalidade de pagamento de entradas que tem o nome de Pack Família - ora este pack, pelos vistos considera como Família - 2 progenitores e 2 filhos, ou seja, para se usufruir do preço mais reduzido por enfiarmos a famelga na Terra dos Sonhos, o número de crianças tem que ser igual ao numero de adultos. e a justificação é "este é um evento para crianças..." ok...muito plausível, sim senhora...clap clap clap, bravoooo.
Não gostei de ter começado a chover a meio e ter ficado como um pinto (mas foi divertido. E estar eu, o meu pai e o Parolo abrigados debaixo de uma árvore, tem toda uma graça descomunal), não gostei que perante uma chuva a cântaros e uma criança ao colo não tivéssemos podido sair pela entrada (que estava mais perto) e fossemos obrigados a sair pela saída (esta mania dos portugueses de subverter as regras...Entrada - IN; Saída - OUT).

GOSTEI da ideia, da iniciativa.
GOSTEI do teatro dos Piratas.
GOSTEI do Pai Natal.
GOSTEI das Renas.
GOSTEI do Algodão Doce.
GOSTEI dos ursos no trenó.
GOSTEI dos Palhaços Bombeiros, muito divertidos.
GOSTEI das Marionetes...

Enfim...gostei de bem mais coisas do que as que não gostei, e gostei do tempo passado com Parolo, papis, irmã, cunhado, C. na Terra dos Sonhos. 
Gostei do que veio depois...um jantarinho em família lá em casa :) Um Picanha australiana que se desfazia na boca e muita brincadeira, riso e chicolate ;)


Ora vamos lá!

Que dias agitados estes...

Vamos lá por partes:
1º Justificar a ausência, sim, porque os meu queridos leitores, ocasionais ou já mais assíduos, merecem uma explicação.
Entre trabalho, compra dos últimos presentes, preparação da Ceia e afins, o tempo não "sobrou" e a Gripe atacou.
Até já tinha as prendas compradas...mas há sempre aquela de última hora que sabemos que, não fazendo falta, vai fazer um brilharete ;)
Mas fiquei contente, comprei tudo o que queria, ofereci prendas a toda a gente e não gastei tanto dinheiro como achei que iria gastar :)


2º O Natal foi fabuloso. Ceia de Natal na sogra, onde nos divertimos tanto, mas tanto na preparação...que pena não poder postar fotos...(Parolo, é bom que não me irrites senão...estás feito ;))

Almoço de Natal com a Mila Paterna, muito bom, papis, irmão, tios, primos, boa comida, muita diversão (e a gripe a querer aparecer...) E o cozido senhores??? Estava DI VI NAAAAAALLL!!!

Jantar de Natal na Mummy com a Mila Materna, avô, tia, irmãos, Sobrinha.
Prendas prendas e mais prendas. A Rainha dos presentes foi a C, eu dei-lhe livros já que a piquena E.T. me tinha dito no outro dia "Títi, quero ler a tarde toda", sim...é um pequeno alien já que me disse isto e tem apenas 2 anos e meio... E eu, claro, promovo o gosto, porque até faz bem e eu própria também gosto de me perder em leituras ;)

3º De volta ao trabalho sem poder com uma gata pelo rabo :(

4º Clausura. Pois que fiquei de molho e ligar o pc era coisa que não me passava pela real mioleira..

5º Melhorei (já no fim de semana) e fui almoçar à minha irmã. De tarde eles iam visitar a Terra dos Sonhos a Santa Maria da Feira. Eu ainda estava um pouco renitente já que estava melhor, mas ainda não estava boa mas como sou uma tia fantástica para não dizer fabulosa,e depois de ouvir um "títi, vais connosco?" e de eu dizer que "Sim", ela responde "QUE BOOOM", pensei, olha que se lixe, venha a pneumonia, mas por esta criatura enfrento vírus e bactérias :)
(A Terra dos Sonhos vai ter Post próprio...)

E pronto, aqui estou eu!
Hoje só trabalhei de manhã e agora preparando a entrada de 2013 :)


quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

:(


Olá! Como foi esse Natal?
Espero que tenha sido recheado de coisinhas boas..

O meu foi bom e tenho muito para contar, mas estou doentinha e sem disposição para grandes relatos.
Amanhã, sem falta, conto tudo sobre os meus 3 dias verdadeiramente alucinados :)


sábado, 22 de dezembro de 2012

Hoje a ementa foi

Já vos disse que o Parolo cozinha muito bem, não disse?
Ele adora cozinhar, tem gosto pela cozinha e, para mim, ainda bem, já que a minha relação com os tacho é deveras.....fria e distante. No entanto cozinho deliciosamente, mas como o faço poucas vezes, sempre que o faço...é especial, hahaha.

O dia hoje nem foi dos melhores do mundo, mas uma coisa é inegável, comeu-se muito bem.
Ao almoço o repasto foi Arroz de Atum. Este prato é delicioso e fazemos muitas vezes cá em casa. Adoramos.

O jantar foi muito fabuloso, fantástico...DELICIOUS!!

Como não podem provar, nem cheirar, ao menos vou dar-vos a oportunidade de ver ;)



Amanhã começa a maratona familiar. Visitam-nos os primos de Lisboa e vai ser tão bom :) (amanhã conto como correu ;))

Let the games begin!

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Hello...

Está aí alguém??? Por aqui o mundo ainda não acabou...ou se calhar acabou e estou num universo paralelo que é exactamente igual ao outro...

Fogo, que falta de imaginação, se era para ser assim mais valia não ter acabado...
A mudar para outra dimensão queria ser linda e loira (como já sou, hahaha), mas trocava o nariz...e crescia mais 10 cm, sim 10cm já chegava. Perdia 10 kgs.
Seria milionária, tinha uma Quinta no Douro, Solar em Viana, Herdade em Évora.
Não precisaria de trabalhar nem aturar maluquinhos. 

Não teria que acordar cedo, nunca teria sono.

Tudo seria lindo e maravilhoso...o chocolate não engordaria, as batatas fritas também não...

Ai..tenho que acordar...credo...

Aguenta-te Mundo...a vida não está fácil, mas gostamos de estar por aqui ;)


quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Que trepa...

Gente...estou toda torcida...partida...esticada...relaxada...ai...

Depois de uma tarde muito atribulada lá fomos nós para o Pilates.
A coisa começou logo a não correr bem porque mal chegamos já a Mestre Pilatona estava à nossa espera..ui??já??

Depois a criatura NAZI olha-nos com um ar maléfico e diz "hoje a aula vai ser fantástica...vamos fazer essencialmente alongamentos".
Reagi logo com um "AI que djelíciaaaa", mas calei-me logo de seguida...o olhar faiscante e vermelho da Pilatona deixou bem claro "You are going to suffer bitches" (bem, não terá sido bem assim até porque ali há respeito, mas foi o que pareceu, hahaha).

E lá começamos nós...primeiro devagarinho, depois mais violento e depois...depois nem sei como estou aqui a contar a história.
Pernas para cima, pernas para a frente, mão no pé, roda o pé, alonga, estica...aiiii...
Agora senti-mo-nos mais ou menos assim:


A verdade é que cheguei a casa, tomei um banho e nem me lembro de deitar de tão relaxadinha que estava.

E melhor que isso, acho que cresci uns 10 cm :)

Querida Mestre Pilatona Nazi, muito OBRIGADAAAAAA!!!

O mais triste foi que ontem foi a última aula do ano. Não, não é porque o mundo acaba amanhã, é simplesmente porque entramos em época de festas e férias e afins. 

Mestre Pilatona e Piquena Nazi, um beijinho grande, um FELIZ NATAL e BOAS ENTRADAS.
Em 2013 lá estaremos ;)




Será??

Será que, como o mundo acaba amanhã, hoje podemos dizer e fazer o que nos apetece???

Será que posso não ir trabalhar?? Será que posso gozar com as pessoas e insultá-las??
Valerá a pena continuar a comprar prendas de Natal?? Ir ou não abastecer o carro que está na reserva??

Bem, se calhar é melhor não arriscar, vai que afinal o fim do mundo não é amanhã e depois...estou feita.

;)

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012



Eu Pilato, tu Pilatas, todos devíamos Pilatar

Se és uma pessoa que até nem é muito amiga do exercício físico, mas achas que a ginástica dá saúde e faz crescer, junta-te a nós e PILATA.

Sim sim, sou uma acérrima defensora do Pilates, faço verdadeiras campanhas Piláticas, viva o Pilates que me faz sentir tão bem...

Adivinharam, hoje é dia de 



Eu já pratiquei várias modalidades. Já andei no Ballet (mas a burra da professora traumatizou-me para a vida quando me obrigou a fazer a espargata, sem sequer aquecer), já fiz Natação (e de vez em quando lá vou eu nadar), Hidroginástica (com a Gilli - exercícios, blablabla, fim da aula,blablabla, Hidromassagem, blablabla, Sauna, blablabla, duche, mesmo através de chuveiros blablabla, "informamos que o ...vai fechar"..ups, acho que chegou a hora de ir), Equitação (até gostava...mas não adorava); Body combat, Body Pump, Karaté...mas por fim descobri a minha vocação...o Pilates.

E daqui a pouco lá vou eu para a tortura...hum...será que isto faz de mim masoquista???


Ai...

Ai...hoje acordei eram....08.36h e a que horas devia estar no escritório??? Às 08.30h...HAAAAAAAAAA...o horror e o terror... vá lá não vivo longe, mas...ainda tenho o coração aos saltos...detesto atrasos.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Espírito de Natal


Sim sim sim, eu ADOOOROOOO o Natal, mas há uma coisa que me deprime...as prendas...oh céus....

Para quem não me conhece, passo a explicar, eu ADORO oferecer prendas, ADORO receber prendas. Não ofereço aquilo que eu gosto, ofereço o que sei que quem recebe vai adorar, claro que se agradar a ambos...perfeito.

Para mim a etiqueta, a marca não são sinónimo de qualidade de prenda, pois há imensos artigos sem marca que são de qualidade, lindos e maravilhosos como os outros. Gosto de dar prendas diferentes, originais, divertidas, boas.

Por ser assim a pressão aumenta, se comprasse a primeira coisa que me aparece, tudo ficava mais fácil, porém funciono muito bem sob pressão. Cada detalhe, cada pormenor, cada personalidade...tudo é importante na busca da prenda perfeita.
E de repente já só faltam 2 ou 3 prenditas :). Que alegria.

E o fundo do Pinheirinho de Natal está a ficar bem composto ;)



segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Jantar de Natal


Na Sexta foi o jantar da empresa! Foi super divertido, apesar das aves raras.
Ai que eu não tenho pachorra para aturar maluquinhos, chatinhos, mal agradecidozinhos...houve alturas que só me apeteceu dizer "está mal? Andor para casa...".

Há gente muito mal resolvida.
O dia, a hora, o local, o menu, a forma de troca de prendas foi pensada ao pormenor. Queríamos que todos partilhassem um bom momento, de amizade, de convívio. Momentos bem passados com aqueles com quem estamos na maior parte dos nossos dias.
Se calhar,era melhor ter ido ao tasco aqui ao lado...era mais o espelho de algumas pessoas.

Primeiro queixaram-se do dia escolhido, depois da hora marcada, depois do restaurante, depois do sítio do restaurante, depois da forma como iria ser feita a troca de prendas, depois, já no jantar, das entradas, do bacalhau, dos rojões, da sobremesa.
Havia uma pressa irritante em distribuir as prendas para regressarem a casa...foi de me passar da cabeça... e o pior, as duas que estavam com mais pressa,tiveram a lata de pedir que saíssemos do jantar, as levássemos e que depois regressaríamos ao jantar. Porra, se tinham pressa, deixavam de ser gunas, que ninguém tem obrigação de as aturar e levavam carrinho, não?? bebés choronas...tou que nem as posso ver...

O bom é que a maior parte de nós estava com um espírito divertido,uma disposição própria de convívio e ainda bem, diverti-mo-nos  à grande, comemos muito bem, socializamos e estreitamos laços.
Foi muito bom, gargalhento, disparatento, hahaha.

Conclusão: gente, se só em casa comem bem...não apareçam; se não acham bem determinadas escolhas...sugiram coisas; se têm pressa...levem carro e fiquem independentes. Mais importante que isso... NÃO CHATEIEM QUEM SE ESTÁ A DIVERTIR.

Chiça...

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Gilli

Ontem não falei na Gilli, porque ela tinha que estar num post musical.
A Gilli ajudou-me a superar uma das fases mais negras da minha vida. Foi um Verão fantástico.
Desde muitos sleepovers, muitos jantares, muita música, muito paté de delícias e de atum (que a mim nunca me sai de jeito), de muita noite, de fogos em chaminés (sim Gilli, realmente o mais importante é salvar o computador, hahaha), de velhos que nos dizem "tengo 68 años, pero que desnudo tengo un cuerpo precioso".

Um mês em Múrcia ..a trabalho, com um horário semanal das 17h às 21h, alojadas num hotel de 5 estrelas em frente à praia. 

Muitos passeios por La Manga del Mar Menor, tratamentos de lama ("olha um pintinha vermelha...olha outra"...olhares atentos "haaaaaaaa, são bichos, vamos tirar isto de cima", mas valeu a pena, a pele ficou tão macia...).

Criaturas estranhas à nossa volta, muito medo com seres estranhos de nome Khalid a seguir-nos, que até nos perseguiu até ao hotel (queria levar a Gilli para Marruecos, tinha casa, emprego e ela não precisava de trabalhar).

Ciganas que... "GILLI...ELAS NÃO TE VÃO LER A SINA."...ups...tarde demais...lembras-te do aparato? Da cruz vermelha? Dos polícias, lolool.

E o que me dizes de "Una Paloma Blancaaaaaaaa". Foi tão mas tão divertido.

Continuamos a falar, mas não com a mesma frequência. Continua a estar no meu coração, nas minhas memórias, no meu mp4, lololol.

E não há uma vez que ouça isto e que não me lembre de todas as nossas aventuras, hahaha.



Ass. Pollas ;)

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Bons Amigos


Eu sou extrovertida! Acho que sou simpática e divertida e como tal, não tenho grande dificuldade em fazer amigos, meter conversa, fazer "sala". (Não me julguem já, não estou a ser convencida nem nada que se pareça, estou a constatar um facto).

Tenho muitos conhecidos, mas AMIGOS, amigos daqueles mesmo bons, tenho poucos (até porque eu devo ser difícil de aturar) mas muito bons.
Não vou incluir aqui o Parolo, a família, pais, irmãos, esses são amigos quer queiram, quer não. 
Quero falar dos outros, daqueles que me aturam nos bons e nos maus momentos por vontade própria, que riem e choram comigo, que me dão na cabeça quando estou a agir mal, mas que aplaudem quando faço certo. Esses são poucos...mas muito grandes e estão para sempre no meu coração.
A Lisa e o D; O M e a J; a AF (embora já não esteja com ela há imenso tempo) estes já viram o meu melhor e o meu pior, já me ajudaram, como eu já os ajudei, já nos metemos na vida uns dos outros sem pedir licença.

Há um nome que não está ali porque vem a seguir, o Samuel. 
Conheci-o na faculdade e a amizade surgiu desde logo. Confiamos um no outro, entendemo-nos mais que bem. Mesmo não estando sempre juntos estamos sempre em contacto (tirando algumas fases de grande silêncio...fases imperdoáveis).
Tempos houve em que um ligava para o outro e se um precisava de falar, o outro limitava-se a ouvir, sem dizer palavra.
A amizade é incondicional, genuína, sem interesses, para toda a vida.

Como disse em cima partilhámos o bom e o mau, e hoje não quero partilhar o bom, mas sim o óptimo, o fantástico. E porque fico feliz quando ele está feliz e sinto orgulho quando (depois de muita luta, a que assisti e apoiei e humildemente tentei aconselhar) ele vence, e vence publicamente e prova a tudo e a todos (principalmente a quem nós sabemos Sam) que é capaz e competente.
E falo disto:


                                                in, País Económico, Dezembro,2012

Querem ler tudo? Vão aqui:
Samuel Cunha em entrevista




quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Mestre Pilatona

E então agora Mestre Pilatona JC??? E agora quem se vai rir de quem???

Tem piada não tem? Ver as criaturinhas as tentar chegar com a cabeça ao chão e ficarem com a cara roxa, dar trambolhões enquanto nos pomos nas posições tristes que nos obrigas a exercitar, não tem??
Tem algum jeito, agarrar num pé, abrir o joelho para cima e chegar com a outra mão ao chão...e de lado??? 
Que desporto do demo é este???

Qual é a piada de ajoelhar, rabo para baixo, joelhos abertos e pés para fora?? Isso é anti natural, não faz parte da nossa fisionomia óssea.
E depois, enquanto nos endireitamos, temos um ser sádico a olhar para nós hiper divertido por parecer que temos 150 anos e estamos cheias de artroses...

Tem alguma graça???

Ficas a saber sua criatura vil, sem sentimentos que, por mais que gostasses, nós não estamos a sofrer, estamos a divertir-nos...E MUITO, HAHAHAHA!

Sua Nazi...e agora, como se não bastasse a tua ditadura, arranjaste uma pequena Hitler para te ajudar...muito bem...é bom e justo. Unam-se contra os fracos, oprimidos e com pouca flexibilidade...

Isto tudo para dizer que: EU ADORO IR AO PILATES! E não podia ser com outra Mestre Pilatona, só contigo faz sentido e o sentimento de satisfação no final é tão grande que só pensamos "nunca mais é quarta de novo". :)

Continua a puxar por nós, que continuaremos a queixar e a dizer que não conseguimos ;)

Até Quarta ;)

Why me??? Why me??

Porquê?? Qual é a razão de ser tão jeitosinha para umas coisas e para outras sou uma desgraça apocalíptica???

Passo a explicar: tinha aqui um arranjo floral natalício do ano passado feito pela minha mãe. Como esteve guardado, ficou um pouco amassado. Ora eu pensei "isto é só um jeitinho e já está" (só podia estar alucinada). Mexi por um lado mexi por outro...tirei daqui e dali, tentei colocar aqui e ali e...resultado..."Mummyyyyyyy, tens aqui as peças todas, volta a montar pleaaaseeee".
E fez-se magia de novo.





Tinha ali uma colher que tinha que colar o cabo ao resto. Comprei a cola e lá fui eu fazer bricolages...resultado....aquilo não ficava como eu queria, voou colher, voou cola, voou tudo... E o Parolo quietinho na sala e só dizia "que se passa?". ainda bem que não foi lá, corria o risco de voar também.
E as mãos????
Cheiiiiinhas de Super cola 3 :s

Enfim...estou com uma pilha de nervos.

(Este post era para ter sido publicado ANTES do Pilates, ora como não foi e imagino que devido a hoje ser 12/12/12 e tudo me corre do avesso, acrescento de seguida o Pós Pilates)


A Lisa...


Já vos falei na L, não falei? 
A L é a Lisa.

Somos amigas há anos e é provável que ela vá aparecendo por aqui pelo Blog (ler, ela já lê que eu obrigo-a :p)já que faz parte da minha vida, do meu passado, do meu presente e, pensava eu, que faria parte do meu futuro...mas não...essa ingrata parola...egoísta... destruidora de sonhos...

Morreste para mim vil criatura...isso é notícia que se dê??? Devias ter feito das tripas coração a meu favor, mesmo que fosse contra ti....

Haaaaaa, que alívio...sinto-me leve, saiu um peso dos meus ombros...vingada...

HAHAHAHAHA
Estou a brincar Lisa :))) e tu sabes porquê, hahaha.

Ontem, hoje e para sempre :)

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Receita Milagrosa


Ao longo de toda a minha vida, que até nem é longa por aí além, mas que já conta com  alguma experiência, sempre segui uma receita que considero milagrosa para que tudo corra bem, mesmo quando não está tão de feição como seria de esperar.
A minha receita é simples: RIR, RIR MUITO. 
A verdade é que, tal como os tolos, rio por tudo e por nada, mas sinto que, por vezes imbuída de toda uma inspiração circense, sinto como se um palhaço vivesse dentro de mim.
Não será por acaso que a C, ainda muito pequenina, quando lhe perguntaram "como faz a títi?", sem contar, ela solta uma sonora gargalhada (a verdade é que estava à espera que ela fizesse um trejeito com a cara, ensinado por mim e odiado pelo progenitor, hahaha).

Hoje ri muito quando, já fora de horas e com muito cansaço, já ia fazendo mais macaquices que propriamente coisas úteis - em vez de um postal de Natal sério, lindo e poético, fiz um com fotos não muito favoráveis de alguns colegas de trabalho (isto contado não tem graça nenhuma, lolol).

Mas o que eu quero aqui deixar registado é que apesar da crise, apesar dos cortes, apesar de tudo de mau que há nas nossas vidas, não se esqueçam de rir. Riam sempre, riam muito, faz bem à pele e à alma.

A vida é muito boa se for passada a rir.

Partilho aqui uma música LINDAAA (e que me acompanha sempre) e que traduz tudo o que escrevi em cima, espero que gostem e que a ouçam e re-ouçam e re-re-ouçam (puristas, tenham calma, eu sei que esta palavra não existe, mas no meu blog, sigo o dicionário que me apetece):



Música composta por Charlie Chaplin; Letras por John Turner e Geoffrey Parsons e a voz deliciosa de Nat King Cole :)

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Ora cá estou eu de novo :)


Eu sei...eu sei que isto não se faz. Desaparecer assim sem dizer água vai, é inadmissível, mas tudo tem uma justificação, plausível ou não, hahaha.


Regressemos a sexta-feira.
Ai que dia atribulado. O trabalho foi muito, non stop, intenso, cheio de coisas e coisinhas...ai se qualquer dia eu falo do trabalho...é de arrepiar os pelinhos mais fininhos e pequeninos da nuca, porém, o sentimento de dever cumprido no final faz com que tudo valha a pena.
Se eu vos disser que às 22,30h já estava a dormir, juro que não é mentira. Ainda fomos desafiados pelo D e a L para jantar fora, mas estávamos tão, mas tão cansados que tivemos que declinar e recolher às boxes. Tínhamos que carregar baterias.

Sábado
Dia do casamento da J e do R!
O casamento era às 14,30h. Uma boa hora, digo eu, se bem que gosto deles mais tardios, mas não estava nada mal. Desde que não seja de madrugada, por mim tudo bem.
O pré casamento foi muito agitado: cabeleireiro, maquilhagem, roupa, jóias, sapatos (os que comprei no outro dia e que não magoaram nadinha, super confortáveis), secretariar o Parolo na logística, almoçar (sim, que não gosto de ir em jejum para estes eventos).
Chegamos na hora e ainda estivemos com o noivo fora da igreja.

Lá vem a noiva :)

Quinta - Fotos - Entradas - Jantar - Dança - mais Fotos - mais Sobremesas - Bolo - Ceia e muita diversão.

Estávamos 10 na mesa,e que mesa divertida esta. Acho que fomos os mais barulhentos, os mais "gargalhentos", os mais asneirentos. Mas diverti-mo-nos muito muito muito.
(Depois conto tudo em pormenor).

Domingo
Nem acordamos tão tarde como estávamos à espera. Recebemos um convite irrecusável para almoçar na Mila materna (e quando a Mila convida não se recusa, vai-se e com muito prazer. Estávamos lá todos (Shake incluído - assunto para post).

Regressámos a casa e, antes que fosse Páscoa e nós sem Pinheiro de Natal, fomos aos arrumos buscar o dito e os enfeites e pusemos mãos à obra. E o resultado foi este:



PS. Nós sabemos que a estrela não está lá muito bem...mas não cabe de outra forma :s


I'm alive


Eu estou viva, juro que ainda respiro, não tenho é tudo muito tempo.
Entre muito trabalho, casamento, árvore de Natal e afins...o tempo tem sido muito curto para cá vir.

É imperdoável, eu sei, mas não me levem a mal, tem sido mesmo porque as horas do dia não têm chegado para tudo.

Prometo, solenemente, que jamais irei permanecer em tanto silêncio...a verdade é que o silêncio, como diz o outro, "é uma coisa que a mim não me assiste".

Voltarei em breve já que tenho imeeeensas coisas para contar ;)

Até já!

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

HAHAHAHAHA


Eu não consigo dar outro nome a este post, só consigo gargalhar.
Pois que ontem o Parolo foi jogar Basket.
Quando era mais novo praticava este desporto, mas depois veio o trabalho e as obrigações e o Basket foi ficando para trás. Como até gosta bastante deste desporto (e o 1,90m até ajuda)ficou muito contente ontem quando um colega de trabalho o convidou para um jogo.
Ficou num entusiasmo só.
O jogo estava marcado para as 22,30h. Jantámos às 20h, um salmão delicioso. Às 20,30h estávamos jantados e às 22h lá saiu ele de casa para o desafio.
Eu fiquei em casa, quentinha a ver séries de todos os tipos - Anatomia de Grey; Modern Family; Raising Hope e depois, troquei de canal e estive a ver algo de muito valor sócio-cultural, hahahaha, Jersey Shore (oh céus...como é possível, se bem que acho que isto já esteve pior) e Mobwives (nem sei o que escrever aqui...imaginem um encolher de ombros)...enfim...

Tentei manter-me acordada para ver a reacção do Parolo a chegar a casa, queria saber tudo. 
E então como foi?
Vocês sabem? Eu também não, já que ele chegou vermelho como um pimento e com a digestão parada e só dizia "ai...dá-me água das pedras que não estou bem".
Eu tratei dele, mas ri tanto, mas tanto...
Ele queixou-se, vomitou, andamos pela casa, ficou de molho, disse que queria dormir na banheira. Lá o arranquei de lá e enfiei-o na cama e ele dormiu.

Eu? Eu continuei a rir e a rir...é que a cena foi tão divertida e caricata que, até agora, horas passadas, escrevo o post a sorrir.

Oh céus...que dias...


Esta época pré natalícia está a ser de grande actividade.
O fim de Novembro e o início de Dezembro têm sido de azáfama.
Ele é trabalho, ele é vida social (despedida de solteira, aniversários, organização de Natal, jantar de Natal), ele é Pilates (ai que no outro dia soube tãaaaaaoo bem...uma hora passam em 5 minutos, e saio de lá renovada, rejuvenescida, relaxada), ele é making the list and checking it twice de prendas a comprar (sim, porque com esta crise não se pode comprar tudo à doida)...ui....um corrupio só.

Ontem foi dia de unhas. Eu uso unhas de gel, discretas e não daquelas que metem nojo enormes e gigantes, cheias de brilhos e desenhos e piercings e uma parafernália pirosa, enjoativa, esquisita.
Uso-as porque as minhas unhas nunca cresciam uniformes, partiam e o verniz era uma coisa que não se aguentava na minha real mãozinha. Escolho sempre uma só cor, os vermelhos, brancos, rosa. No Verão ousei um pouco mais e pus uns laranja e vermelhos mais psicadélicos.
Quem olha para as minhas unhas pensa que são naturais e muito bem tratadas e por isso invisto em unhas de gel (o investimento nem é muito grande já que a Rute é fabulosa, perfeita e baratiiinha :))
Desta vez estão de vermelho escuro e estão lindas :)

Que canseira...


quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Habemus Sapatus


Eu sou uma mulher estranha, detesto ir às compras, detesto passear em shoppings, não sou consumista, se uma coisa é muito moda geralmente mantenho-me longe porque não gosto de ser mais uma na carneirada (é de mim ou agora vemos muitas vezes rebanhos de gente com o mesmo uniforme?).
Tenho gostos clássicos, mas gosto de primar pela diferença.

Tenho um problema gravíssimo, às vezes imagino determinado produto e depois é um trinta e um para arranjar...ou então não...
Uma vez sonhei com um fato de banho lilás de uma só alça e comentei com a minha mãe. ela riu-se e disse "algum dia irás arranjar isso?? Credo." Uma coisa é certa, passado uns dias fomos a uma loja e, tcharãaannnn, ali estava ele. Vá, não era lilás, mas era azul :) e eu, petulantezinha disse à minha mãezinha "minha querida, eu sonho e a obra nasce" ;)

Claro que a maior parte das vezes fico-me pela frustração de não encontrar absolutamente nada que goste, que ache que a relação qualidade preço se adequa, enfim...

Ando há três dias, sim TRÊS DIAS à procura de uns sapato pretos, uns simples sapatos pretos, elegantes, altos e lindos, é simples, não é física quântica...e só ao fim de TRÊS DIAS é que encontrei os criaturos...mas estou satisfeita, são lindos, confortáveis e nem foram muito caros :)

E pronto, já tenho sapatos para o casamento de sábado do R e da J.

Truluruu



terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Ai...que delícia da sua títi


Diálogo entre a C e a minha mãe
C - "Vovó, quero tirar o casaco. Tenho camisola interior"
M - "É melhor não. Está muito frio."
C - "Não vovó, não está frio...está fresco!"

E pronto...é isto...e tem 2 anos e meio...e é brilhante...e é minha sobrinha :-D

E vem aí mais uma criança


Sim, por acaso até poderia estar a falar da Kate Middleton e de seu príncipe, porque podia.
Até gostei da notícia. Mas que no entanto me leva a algumas reflexões:
Porque motivo ficámos contentes, ou tristes, ou emocionados, ou qualquer outra sensação com o que se passa na vida de outras pessoas. Não estou a falar da vida dos nossos amigos, parentes ou colegas, já que essas vidas estão muito próximas da nossa e, nem que só pelo estado de espírito dos respectivos, somos influenciados mesmo que por "osmose".
Estou a falar da vida dos desconhecidos, de pessoas a quem dão o estatuto de celebridades, de pessoas conhecidas. Aquelas pessoas que estão sempre nas revistas e das quais sabemos quase tudo (ou pelo menos achamos que sabemos). 
Eu até nunca fui pessoa do cor de rosa. Não compro religiosamente revistas de fofocas, não ligo muito...porém...gosto de saber as coisas, gosto de ver as capas, gosto de passear por alguns sites, hahaha.
Vivemos casamentos, divórcios, nascimentos, mortes, escândalos, tomamos partidos, ficámos felizes, ficámos tristes com vidas que não são as nossas, com gente que não conhecemos e que estão a km de distância...é engraçado pensar nisto...

Porém a criança que vem aí é outra. Soube ontem que vou ter... UM SOBRINHOOOOOO!! E estou super feliz.
A minha irmã está grávida de novo, a C vai ter um irmão :)

Como é óbvio será uma criança linda de morrer, inteligente que só  ele e o qual, tal como a C, vai ter uma verdadeira adoração por esta Títi que brinca, diz disparates, ri à gargalhada, ensina o toureiro, o pink, o et voilá c'est fini, e muitas outras coisas.
Eu sou a super títi :)

Truluruu

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Congelei


Estou gelada, congelada, conservada em frio, criogenada.

Oh céus, é de mim ou está um frio do caneco? 
Até se me toldam as ideias.

Chiça...

domingo, 2 de dezembro de 2012

E o que se passou foi...


Lá fui eu toda pimpinela para a despedida de solteira e foi muito divertida.
O segredo do sucesso esteve no facto de se tratar de uma despedida de solteira com aparência de jantar de amigas. Não houve adereços, não houve histerismos, não houve exageros. 
Tivemos uma noite animada, de muita conversa, de muito riso, muita diversão, música e dança.

Andámos com um taxista que "vivrava" com o Natal e que abriu o vidro e gritou em plenos pulmões para umas Mães Natal que estavam no passeio "HOHOHO, Merry Christmas". Andamos com outro que dizia que nós não sabíamos o que era o frio e que, nesta altura, em Aberdeen, onde ele viveu durante meses, estariam -20ºC, and went on and on and on... E ambos eram uns verdadeiros Fitipaldis das estradas de alcatrão e nós aos trambolhões dentro do carro, hahaha.

Já era MUUUIIITOOOO tarde, estava MUUUIITOOO frio e lá cheguei a casa. O Parolo já cá estava e foi dormir e dormir e dormir, juntinhos, quentinhos e relaxadinhos.

Agora é hora de vegetar.

Vegetemos então ;)

Trulurruu

sábado, 1 de dezembro de 2012

O bom e belo fim de Semana :)

E eis que começou o fim de semana, e começou muito bem :)
Começou com os festejos do aniversário do meu irmão. A família estava lá toda e foi muito muito muito bom.
A C. estava inspirada, estavam todos bem dispostos, a comida deliciosa e o bolo maravilhoso.

Presentes, brindes, champanhe, fra fre fri fro fru (até hoje tento entender isto - FRA / FRE / FRI / FRO / FRU - árri quárri quárri quá, xiribitátátátá, urra urra, shhhh, pummmm - mas o que é isto???)

Hoje o dia tem sido calminho e relaxante.
A partir de agora entramos em modo social :)

Infelizmente hoje estou em overbooking, o que me chateia um pouco. Tenho um aniversário e uma despedida de solteira...

Antes de mais, convém esclarecer uma coisa sobre mim. Eu ODEIO despedidas de solteira, detesto o conceito, detesto os adereços, detesto os histerismos...odeio e pronto. Não acho graça, não acho que seja necessário...grrrrr.
Quem me convida, geralmente, já tem conhecimento disto, e se até nem sou uma choca chata e petulante, nestes eventos sou intransigente, não ponho pilas na cabeça, não ofereço vibradores, não guincho, não ponho cornos ou tules e sinto uma vergonha alheia gigante quando o fazem.
No entanto, respeito quem a queira fazer e sinto-me lisonjeada quando me convidam, pois significa que querem que partilhe aquele momento.
A de hoje é da J. A verdade é que a J é a noiva do meu grande amigo R e por isso, lá vou eu.
Quem vai também é a L, a minha grande amiguinha(olá criatura ;))o que torna todo o evento mais divertido e... hum.... diferente... misterioso...hahahaha, tudo isto porque eu e a L somos siamesas no mal, conhece-mo-nos muito bem, entende-mo-nos por olhares.
Sem comentários sabemos o que uma ou outra está ou não a gostar, está ou não a divertir; qual está prestes ao primeiro disparate.
Somos parceiras nos crime, companheiras e diverti-mo-nos muito em conjunto.

Mas, quanto à L, é assunto para outro post.
Este é sobre o meu overbooked weekend.

Do outro lado tenho o aniversário do meu amigo J...e adorava ir...

Bem, não posso ir a todas,são os inconvenientes de ser social, chiquíssima, super amiga e fantástica, hahaha, (por favor retirem desta mensagem todo o exagero que achem conveniente ;))

Então o que fazer??

Se tudo correr como planeado, será o seguinte: eu vou à despedida, o Parolo vai ao aniversário. Se der, depois passarei pelo aniversário e terei o melhor dos dois mundos. Se não der...olha, não deu... :(


A ver vamos ;)

Amanhã conto que tenho que me ir arranjar :)

Truluruuuu


sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Está tão grande.....


É hoje!!! E depois de um dia muito mau, chega o 30 de Novembro. E porquê tanta excitação???

O MEU IRMÃO FAZ ANOOOOSSSSSSS!!!! VIVA!!!! PARABÉNS!!!!!

A minha criaturinha adorada, linda de morrer, inteligente que só ele (lolol, achei que este post devia ter humor), mal humorado e com mau feitio (tal qual a sorela) e, e só porque fazes anos hoje, fantástica, faz hoje 23 anos...tá um crescido (mais humor, lolol).

BEIJINHOOOOOSSSSS!

Vou festejar!

Truluruuuuu


quinta-feira, 29 de novembro de 2012

É tão triste...


Este país está em frangalhos...está uma vergonha...
Estamos a ser roubados, estão a ir-nos ao bolso. 
Nós trabalhamos, pagamos impostos, fazemos tudo por tudo para que esta economia não pare. Não se consome tanto, é certo, mas fazemos um esforço, temos que continuar a viver, compra-se o necessário e esforça-mo-nos para continuar a comprar, por mais que nos assole o medo do futuro.

Estamos numa situação económica muito periclitante, sim, mas será que as medidas que estão a ser tomadas serão as mais corretas? As mais decentes? As mais humanas? As mais dignas?

Não me parece. A cada dia sinto que estou a trabalhar não para mim e para os meus, mas para o Estado. Para alguém que devia estar a zelar por mim e pelos meus interesses, mas que não toma conta dos seus contribuintes. Não importa se somos novos ou velhos...cortam a torto e a direito.

Se houve uma altura em que considerava que tínhamos efectivamente que fazer sacrifícios pois não podíamos continuar a viver acima das nossas possibilidades, agora penso se não estarão a ser demasiado obtusos, se não estarão a ver números e troika  e em vez de pessoas e país. 

Recebi hoje uma carta no correio da Segurança Social.
Falava numa dívida na prestação à SS e remetia ao ano de 2009. 
Ora nessa altura estava a Recibos Verdes, mas sempre cumpri todas as minhas obrigações. Dou o benefício da dúvida pois tinha um trabalho em que estava sempre a viajar e até aceito o facto de me ter esquecido de alguma (não me parece normal, mas...).
Mas e o porquê de estar tão INDIGNADA????

Porque junto ao valor em falta vem um valor de juros, enoooorme.
E pergunto-me: Porque raio não me enviaram uma carta no mês seguinte à falta de pagamento??? Porque raio esperaram TRÊS ANOS, para dizer que havia um pagamento que estava em falta???

PORQUÊ????

Se isto não é um roubo, o que será então??

Se me tivessem enviado a carta mais cedo, estava tudo mais fresco na memória, os documentos estavam todos à mão, não havia lugar a pagamentos de juros.

Isto é SÉRIO???? Isto é JUSTO???

Se devo, tenho que pagar, quanto a isso, não há dúvidas, mas e os tais Juros? É leal o que este Estado está a fazer aos seus "filhos"? Aos seus "dependentes"? Aos que vão contribuindo? Aos que não querem cruzar os braços e querem continuara lutar por este país que já foi tão grande? tão nobre? tão valente?

Oh meu senhores, Portugal somos todos nós, já não estamos a apertar cintos, porque muitos de nós, já não têm calças para vestir.

Dê-nos um trégua que estamos a abafar e se abafamos...Portugal morre.

:(
Ontem foi dia de...



PILATES!O que eu adoro fazer Pilates...

Descobri esta modalidade há pouco tempo, mas apaixonei-me no primeiro exercício, no primeiro alongamento. 
Ao contrário do que muitos dizem, o Pilates é um desporto muito completo, tem exercícios aeróbicos, de força, de equilíbrio (e custa muitooo). Mexemos músculos, tendões, ligamentos que sequer acreditávamos que existiam no nosso corpo humano (há alguns que por mais que a Mestre Pilatona afirme e garanta que estão lá, eu continuo a não acreditar).
Eu sou muito pouco flexível, por isso, sempre que consigo ir mais além, fico satisfeita, realizada, com vontade de fazer mais e mais.

Resta acrescentar que é uma aula de amigas, Eu, a minha irmã D,a minha Mummy e a minha Sogra, lideradas pela maior ditadora, exigente, irritante (anda lá...tá quase...vais chegar lá...) e crente (ela acha que nós vamos conseguir, hahaha) Mestre Pilatona JC (ai que nome tão bíblico....isto é um bom presságio) que por acaso é nossa amiga há aaaaaanooooossssss.
Resumindo, as aulas além de produtivas são super hiper mega divertidas, com muito riso, muito esforço, pouca respiração (houve alguém ontem a ficar quase roxa, hahahahahahahaha) e muita vontade.

Recomendo a todos umas aulinhas de Pilates, rejuvenescem Corpo e Mente e até lá... CONTRAIAM O TRANSVERSO!!!


Truluruuuu

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Relatório Peixal III

Bom dia!!!

É com grande satisfação que digo - O POISSON ESTÁ SALVO!!!

Como sabem,tenho aqui no escritório um aquário, nele habitam 4 peixes, 2 enormes e 2 mais pequenitos.
O aquário está dividido em dois, de um lado manda o amarelo, do outro lado manda o branco. E os outros 2??? Bem os pobres têm uma vida complicada...um esconde-se nas rochas e sempre que dá o ar de sua graça é atacado violentamente pelos outros 2. 
O outro, está numa espécie de maternidade, à parte dos outros, pois quase que morria de tanto os outros lhe comerem as escamas e principalmente o rabo que se estava a transformar em algo bastante esquisito e esfiapado.

O amarelo passou um mau bocado...estava confuso, tombava, nadava de forma estranha... cheguei mesmo a temer pela vida do bicho. Com a ajuda de uma colega e com os conhecimentos super científicos do meu querido cunhado J ponto (private joke), pus mãos à obra.
Limpámos filtros, pusemos mais água, limpámos o mais que pudemos. O aquário ficou ainda melhor do que o que já estava (há males que vêm por bem, já que fizemos algo que já deveríamos ter feito há muito) e esperámos.

Na segunda-feira, quando cá cheguei,estava preparada para ver o peixe a boiar, mas o criaturo estava fino e tinha voltado ao normal.
Hoje, já alguns dias passados, posso convictamente dizer que o bicho está vivo e de saúde. (se morrer entretanto, olha...é um peixe já com alguma idade, mas o que ele tinha...nós curamos).

Relatório Peixal...over and out :)

Truluruuu

terça-feira, 27 de novembro de 2012

São 20.46h e...

ao contrário da minha resolução matinal, ainda não estou a dormir, no entanto...posso dizer que:

1 - cheguei a casa e tomei um banho QUEEENTINHO (que está um frio que se gela);

2 - vesti o PJ e os meus carapins made by Mila (super fashion);

3 - já jantei - qualquer dia faço um post só sobre os dotes culinários do Parolo (são de chef com estrelas Michelin);

4 - agora estou com o pc no colo, no sofá, quentinha, de mantinha e muito bem acompanhada.

Vou ler um pouco, relax e depois sim...o sono dos justos.

Até amanhã!

Truluruuuu

P.S. (jantar às 20h...carapins...mantinha...oh céus, juro que não tenho 80 anos :s)



Neste há Burro e Vaca e outras personagens


Eu adoro decorações de Natal, músicas de Natal, prendas de Natal, histórias de Natal, aventuras de Natal.

A minha tradição Natalícia ditava que a cada ano passava o Natal com a Avó Paterna e o Ano Novo com a Materna, e no ano seguinte era o inverso.
Ambos os Natais eram fantásticos, no entanto muito diferentes.
Se na casa de uma Mila éramos pouquinhos, o Pai Natal descia da chaminé sempre no momento exacto em que eu e os meus irmãos saíamos da sala (oh inocentes criaturas)e colocava os presentes de cada um junto ao sapato de cada qual.
Havia loto a feijões, chocolate quente à meia noite, muita batotice nas cartas (esta Mila é a maior batoteira do mundo em relação aos netos, mas umas das duas melhores avós do mundo), Farrapo-Velho e Bolinhos de Abóbora Bolina (não vou dizer tudo o que havia senão não saio daqui).

Na outra Mila éramos muitos, já havia primos, os presentes estavam depositados em baixo do pinheiro, havia representação (devo dizer que já desempenhei papeis tão importantes quanto - Anjo Gabriel - este papel mereceu palmas e pedidos de bis (não sei se pelo brilhantismo da actuação, ou pelo facto de não se ter percebido nada de tanta gargalhada que dava ; Pastor; Burro (mas com muito orgulho)- mas que arrancou lágrimas na Mila (esta é a outra melhor avó do mundo, claro!) de tanto rir, etc.
Havia Ensopado de Bacalhau, Sonhos e Filhoses.
De repente ouviam-se sinos e o Pai Natal entrava pela casa dentro (mas as prendas já lá estavam há uns dias....chiça, de repente sinto mesmo que me fizeram de burra, mesmo sem usar o carapuço em cena, lol).

Em ambas as casas havia calor, risos, amizade, buliço, conversas, era muito muito muito bom!
Agora continua a ser, mas agora há Natais em que já não está lá toda a gente, já faltam alguns, já voltamos para nossa casa no fim, já não ficamos todos juntos para o dia seguinte... 

Porque é que me lembrei disto hoje????
Porque cheguei a casa da minha mãe e ela estava assim:



Ps.Eu tentei e retentei e voltei a tentar por a foto direita...não consigo...grrr...que fúria...