terça-feira, 25 de outubro de 2016

E já mudei de casa

Caneco...se custou esta mudança...

Então onde é que eu ia...haa pois...no pré mudança. Pensam que melhorou no entretanto??? Naaaaaaa

No Sabado em que estava marcada a mudança o transportador ligou na hora de almoço a dizer que os "mudadores" tinham feito uma mudança de manhã, a qual tinha atrasado, e que seria impossível eles irem fazer a nossa mudança de tarde. 
Nós como ficamos??? Verdes, azuis, às pintas...enfim, numa fúria imensa, vai daí o PArolo e o seu mau feitio decidiu que com transportador ou não, no Sábado grande parte da mudança iria ser feita. E muito foi feito, podem crer.

Entretanto fomos uns dias para a minha mãe porque não tinhamos condições para estar numa casa em caixotes, principalmente com a Delicinha.

A mudança foi então marcada para dia 25 de Agosto. Era para ser no 24 mas era o dia de aniversário do Parolo.
Ora no dia 24 lá fomos nós jantar fora para comemorar. Comemos bem, bebemos melhor e, entretanto, era hora de voltar a casa.
Chegamos à casa da minha mãe, ela põe a chave à porta e ...nada. A chave não abria.
O que tinha acontecido é que tinhamos fechado a casa por dentro e saído pela garagem, ora agora, nada feito.
Lembrei-me então que o meu irmão estava em Viana do Castelo e, à meia noite e tal, lá fomos nós para Viana. Quando chegamos lá o meu irmão, que achava que tinha o comando da garagem no carro, mas que não foi confirmar viu que...afinal não tinha...
Solução, dormirmos em Viana, porque no Porto não teríamos onde.

No dia seguinte tinhamos os transportadores a chegar à casa antiga às 9h, a minha mãe tinha que ir dar comida ao Cavalo, eu tinha que ir trabalhar logo, a alvorada, teria que ser cedinho cedinho.

Acordei super mal disposta e a vomitar, a Delicinha também vomitou, chegámos a casa da minha mãe e lá conseguimos entrar por uma janela, não consegui ir trabalhar, ou melhor, nem de pé conseguia estar, nem pegar na Delicinha e lá teve que ir o Parolo sozinho com os transportadores.
Ficou QUASE tudo mudado (na noite seguinte só fui buscar meia duzia de coisas que tinham ficado)o Parolo chegou a casa de rastos, nem dormir conseguia que tinha os músculos das pernas a ferver.

No dia seguinte o Parolo só vomitava e a a minha mãe também.

Mas o que importa é que já estamos na casa nova e estamos muito, mas muito bem :)