quarta-feira, 31 de maio de 2017

Post com bolinha vermelha

Contou-me a minha irmã que o meu sobrinho - 3 anos, numa brincadeiras às lutas, exclamou alto e em bom som:
"Sou forte como o car"#$%#"

Se bem que não gostamos deste tipo de vocabulário, principalmente na boca de uma criança, também não é costume ter este tipo de discurso em casa (se bem que quem nunca explodiu num car!"$%, pu%"  que P"$"#, Fod!"&$, que atire a primeira pedra), mas que quando ele o disse com tanta convicção e no momento certo, não se pode não achar graça.

Obviamente que a minha irmã lhe perguntou onde ouviu isso e a resposta foi "Na escola". A ver vamos se a explicação que ela lhe deu sobre ser um palavrão que não deve ser dito faz efeito para pelo menos uns 10 anitos...

terça-feira, 30 de maio de 2017

As marcas da moda

Quem me conhece sabe que tenho tolerância zero para marcas. Não que não as use, mas não é a marca que compro é o produto. Se for bonito, se me agradar, se me encher as medidas compro, independentemente se é Prada, Saint Laurent ou Feirovski.
A verdade é que gosto muito pouco de gastar dinheiro e não me meto em aventuras já que sou uma fonas do pior.

Em Outubro a minha sogra ofereceu-me uma mochila da Moschino. Eu andava farta de dizer que ia comprar uma mochila para ser mais prático já que ando sempre para trás e para a frente com a Delicinha. Assim, ponho para trás das costas e fico mais disponível.

Entretanto, passados 6 meses a alça começou a desfiar. 
Como davam uma garantia de 2 anos fui à loja. Indicaram que demoraria 1 mês na análise do problema.
Passado esse prazo lá me contactaram a dizer que a carteira estava na loja, mas que nada tinha sido feito já que não se tratava de um defeito de fabrico e sim do uso.
...
Say what????
...
Que era do uso sei eu, mas o que não aceito é que tenha sido um uso de apenas 6 meses e não de 20 anos como indicaria o preço pago pela carteira.
Foi isso que tentei explicar às meninas da loja. Uma carteira deste valor não pode ter na sua composição materiais de fraca qualidade. elas voltavam a dizer que era do uso e, como tal, não podiam fazer nada.
Eu até estava bem disposta e ri-me e, com alguma ironia e incredulidade, perguntei "Mas então eu tinha que guardar a carteira no armário e não a usar para não estragar?"

Elas, coitadas, encolhiam os ombros...

Bem, agora fiz uma queixa directamente à Moschino e a ver vamos o que me respondem...é que nem me trocaram a porcaria da alça...nada..não fizeram nada...

Isto é um bom serviço pós-venda?? Vale então a pena pagar esta marca?? 








sexta-feira, 26 de maio de 2017

Panda Panda Panda Panda Panda

Hoje a Delicinha acordou a gritar pelo Panda em loop.

Eu ainda nem sabia como me chamava e estava a olhar para ela, que a rir dizia e repetia "Panda Panda Panda Panda".

Depois peguei nela e dei-lhe montes de beijos de bom dia, deitei-a na minha cama para ir buscar o leite e ela continuava "Panda Panda Panda Panda" e eu perguntei "Panda? A esta hora? O que tem o Panda?" e ela fecha as mãos, levanta os polegares e diz "Panda fishhhhhh"

E é isto! 

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Oh Céus....

Se vos disser que a Delicinha voltou a cair da cama hoje vocês chamam a Segurança Social?

E se vos disser que o Parolo estava, mais uma vez ao lado dela? E se vos disser que quando ouvi o estrondo fui a correr e ele estava muito admirado como é que ela tinha caído porque estava a dormir, como se fosse a primeira vez que ela parece um fidget spinner a dormir?

Valeu que a miúda é do caneco e a cair, cai com a almofada que assim dói menos.

As boas notícias do dia é que ela está bem e que a carteira do Parolo APARECEUUUUUUU!!!!!

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Voo Picado

De manhã eu sou a primeira a levantar-me. 

Se a coisa corre bem a Delicinha Parolinha acorda e eu dou o leite ao Parolo que segura no biberão enquanto me arranjo; se a coisa corre mais ou menos, ela dorme mais um pouco e depois lá acorda e ainda dá tempo para biberão; se a coisa corre mal, ela doooorme e tenho que a tirar do berço a dormir para o carro e ela acorda sempre e eu detesto fazer isso.

Ora hoje foi dos dias que correu bem, tirando o pormenor que, mais uma vez, se armou em exploradora e, já estando na nossa cama e já tendo bebido o leite e aguardando que eu ficasse pronta, decidiu descer da cama, coisa que ela faz montes de vezes e muito bem, já que se vira e vai de pernas primeiro e desce devagarinho, mas hoje foi no sentido contrário e desceu de cabeça!
A sorte é que a cama não é muito alta e foi caindo em câmara lenta havendo a registar apenas uma pisadura numa bochecha.

Onde estava o pai?? Ao LADO DELA!!!!

Parolinha Azeiteirola

Pois que ontem a pacata (not) criança que pus neste mundo se cobriu de azeite dos pés à cabeça.

Eu estava a tomar banho e o pai? Estava onde? AO LADO DELA!!!

Pois que a Delicinha, a Exploradora ontem virou-se para o armário do azeite e em vez de brincar, como de costume, com as bacias e medidores, decidiu temperar-se com azeite de primeira.

Outra vez o Parolo

Ontem foi almoçar com clientes, veio de pança cheia mas carteira vazia...mais concretamente SEM CARTEIRA.

Grrrrrrr que raiva....Não tem ideia nenhuma onde a deve ter posto, se a deixou no restaurante (liguei para lá e os funcionários dizem que lá não está), se caiu na rua...enfim...uma chatice burocrática avizinha-se....

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Ele não anda bem

Não sei se é de agora aturar 2 mulheres em casa, mas não me parece, já que nós somos umas santas, mas que ele está doido, lá isso está.

E não, não estou a falar do tipo de meias, já que esse já vem sendo habitual e o qual, por acaso, até acho graça e o diferencia.


sexta-feira, 19 de maio de 2017

Valha-me o divino!

Estávamos a dormir ferradinhos. A Delicinha chora e o Parolo acorda e senta-se na cama para se levantar.

....
....

Vira para um lado...vira para o outro...não se levanta...acho estanho....pergunto: "Que estás a fazer??"

E a resposta faz-me rir sempre que me lembro deste diálogo e só não me tirou o sono porque sono é uma coisa que tenho e em grandes quantidades.

"Estou à procura das cuecas...não percebo...eu não as tirei...como raio estou sem cuecas???"

Ri tanto e continuo à gargalhada :D



Pelos vistos as os boxers deviam estar a apertar e ele, mecanicamente, tirou-as. 

Não não, posso garantir que não fui eu ;)



quinta-feira, 18 de maio de 2017

Xing Ping Ming e o Céu que é Azul!

Ufaaa, já está e correu muito bem.

Recebi os meus agentes da China e correu muito bem!
No princípio vi a minha vida a andar para trás já que não percebia nada que ela dizia. Depois lá sintonizei a mandarim FM e a coisa deu-se.

Falamos de negócios mas no fim da visita ela contou que adorou o Porto (e nem 24h cá esteve) e estava siderada com o nosso céu. Repetiu vezes e vezes sem conta "Que lindo Céu! Que lindo Azul! É maravilhoso!"
E eu, que até nem sou responsável pela cor do céu, fiquei super orgulhosa deste nosso Céu Azul!

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Faltas justificadas, há por aí?

Os meus almoços são sempre em casa da minha mãe. Se já eram antes da Delicinha nascer, agora nem passa pela cabeça não ir almoçar a casa e desfrutar de mais uns minutos com ela...e que minutos...

Hoje foi particularmente difícil sair da beira dela e vir trabalhar. Hoje agarrou-se ao meu pescoço a dizer "Mamã...Mamã...Mamã" e eu dizia que vinha já, que ia ganhar tostão...mas nada, ela repetia "Mamã...Mamã...Mamã".

Eu dei beijinho e vim embora,mas a minha vontade era ligar para o escritório e dizer "Lamento, já não vou de tarde, a minha filha está mimalha"

É assim a vida! Não falo bébelês (se bem que ela até já fala muito, mas muito é ainda indecifrável), mas vou ter que falar chinês (not) que vou receber uns agentes chineses. 

Wish me luck!祝我好运!

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Sem filtro

Porque raios as avós não têm filtro???

Sim, estou mais gorda...já sei...não é preciso repetir 20 vezes...

Depois queixam-se que eu rosno....

Cabeleireiro forçado

Ontem passei a tarde no cabeleireiro...na minha cabeleireira particular, a minha Delicinha que ontem demonstrou um interesse inequívoco e intenso em pentear a minha frágil trunfa.

O penteado ficou original e bastante selvagem e se eu hoje me pusesse a contar cabelos, seria certamente uma tarefa mais simples, uma vez que devo ter uns milhares de cabelos a menos na mona.

O método dela é muito simples: Puxar Puxar Puxar, com uma mão, com ambas, com muita força, devagar, mas Puxar sempre!!

Ouuuuchhhhhhhh!

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Hoje andei às voltas

Saí de casa já atrasada, claro(...não sei como faço isto, que até era muito pontual, de repente..., atraso-me...enfim). Quando estava a sair da garagem ia um dos meus vizinhos à minha frente. De repente vejo algo a rebolar no chão....parecia-me uma carteira. 
Fui dar a volta mais à frente, já que não podia parar de repente, e lá confirmei que era mesmo uma carteira de homem.
Apanhei-a, quando a abri para ver a identificação, reparei que era do meu vizinho. 
Voltei a dar a volta para entregar a carteira ao porteiro do prédio, explicando o que aconteceu e identificando o dono.
E dei a volta e lá fui levar a Delicinha a casa dos meus pais...

terça-feira, 9 de maio de 2017

O dia L

A  minha Delicinha já fez um ano!

Como passou tão rápido não sei, sei é que tem sido um ano maravilhoso e cheio de coisas boas. 
Se a minha gravidez foi fantástica, o ser Mãe tem sido a melhor coisa do mundo. Honestamente, nunca pensei que fosse ser assim...um Amor tão incondicional, tão pleno, tão altruísta...

Há coisas más? Não, há coisas menos boas, como por exemplo quando não quer dormir, quando está tola com o sono mas não dorme, quando já não tem mais fome e cospe a sopa toda, quando está doentita...

Confesso que às vezes ainda me faz confusão o estar a viver em função de alguém... Não que estejamos a viver para ela e que seja ela a mandar em casa, nem pensar, mas há coisas que temos que a colocar em primeiro lugar. 
O chegar a casa exausta e já não poder vegetar no sofá e ter que ir fazer sopa e dar banho e dar atenção e brincar e pegar ao colo...enfim...um rol de tarefas, passou a ser um momento que, já não sendo de descanso, é tão feliz, tão completo, tão maravilhoso, que não trocava por nada.

Não é por ser minha filha, mas esta miúda é espetacular, inteligente, esperta, brilhante e a cada dia aprendo mais e ficamos cada vez mais unidas, mais pegadas.
Se às vezes sabe bem ir trabalhar e ter vida própria, é maravilhoso regressar a casa para as rotinas maternais. E as saudades??? É tãooo boooommmm.

Mas a Laura fez 1 ano e o tema foi a Galinha Pintadinha. Estava lá a família toda e foi espetacular, mooontes de balões e comida e foi assim o bolo feito pela Miminhos da Dona:







Assunto do Momento - Salvador Sobral

No outro dia perguntava-me o meu cunhado "Olha lá, isto do Salvador Sobral é porquê? A música é mesmo gira ou é porque o puto está a morrer?"

Fiquei a pensar naquilo...Efectivamente, neste país nunca se dá valor ao que temos de bom e damos sempre qualquer desculpa. De certo nos outros será igual, mas o que conhecemos é esta realidade e é aqui que vivemos e que temos que conviver com esta mesquinhez.

Mas será que tem que ser assim?? Será que não podemos reconhecer que a música é diferente e por isso encanta? Será que não podemos apreciar uma boa música que está a ser cantada ao mundo em português? Será que a única coisa que importa é a condição de saúde do rapaz??

Eu gosto da música, tem uma sonoridade que se entranha, louvo o ser a única canção em português, bem escrita, bem cantada. Então, porque não aplaudir e apoiar em vez de procurar outros motivos para denegrir e desmerecer?

Quanto à doença...é um assunto do Salvador, que só a ele e à família diz respeito. Eles nunca falaram nisso por isso considero que não estão a aproveitar-se desse facto para ganhar pontos.

A querkiness dele...olha....é estranha...mas não há quem não fale do modo estranho de estar, o que se transforma, isso sim, num motivo para marcar e dar que falar.

Boa sorte Salvador! 

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Parabéns pequeno Dinossauro

O sobrinho mai lindo do mundo fez quatro anos...QUATRO ANOS...como é possível...o tempo passa a correr e eu cada vez estou mais velha.

Quando a minha irmã perguntou que tema queria para a festa ele não hesitou - DINOSSAUROS...again...
Ele é doido por estes bichos pré-históricos, sabe tudo sobre eles, tem colecções de bonecos e livros e fica desapontado quando lhe oferecem algo que não seja relacionado com os bichos.

A festa foi em minha casa e era como se vivesse no Cretáceo, estava tudo a rigor.
O puto estava feliz da vida e, no final das contas, é isso que importa.





Bolo feito pela Miminhos da Dona


Pois...sou eu e os meus irmãos que, não sei bem porquê achamos que um rugido de dinossauro se faz com um UUUHHHH bem redondinho...(e não combinados, que é mais assustador)

Disco Disco Partizani

E hoje um amigo relembrou-me esta música e eu acho-a tão engraçada e tem a vantagem que cura qualquer sentimento de "baaaahhhh, é segunda-feira e eu precisava de um fim-de-semana para recuperar do fim-de-semana...."



sexta-feira, 5 de maio de 2017

Pufff...e assim desaparecemos

E a Laura nasceu e puffff...nós desaparecemos!

"Oh...não podemos ir jantar...que pena" e quem convida, principalmente quando são as avós perguntam "haaaa...mas e a Laura não pode vir?"

Video-chamada para os sobrinhos que agora vivem longe:
"Olá miúdooooos, que saudades. Estão bem?
"Olá Títi...a Laurinha??"
"Está boa"
"Mostra a Laurinha...LAURINHAAAAAAAA!!"

....

Mas também, fala sério cara, quem não prefere aquela Delicinha a qualquer outra coisa ou pessoa???

In L❤ve with my baby!!!!

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Maias nas orelhas!

O meu sogro é uma personagem...cómico/trágica!
Fomos passar o fim de semana a Sesimbra e não ficou nada por lhe acontecer:

Partir o ferrolho de segurança das cancelas das escadas - check; 
Tentar compor o ferrolho e ficar pior a emenda que o soneto - check;
Partir copos - check;
Desconchavar um Cavalete com uma banheira de recém nascido em cima -check;
Partir um pé - Check!

Toda a aventura culminou no dia 1 de Maio com um passeio pelos trilhos de Sesimbra e que, na busca de rede subiu a uma monte. O objectivo foi atingido mas a descida foi atribulada. Veio a fazer sku por ali abaixo e só foi parado por uma raiz que lhe "agarrou" um pé e o virou ao contrário.

Entretanto tiveram que chamar uns amigos que o foram buscar de barco, para depois ir de ambulância até ao hospital!
Quando nos conseguiu contactar (nós estávamos os 4 a tomar o pequeno almoço tranquilinhos) vimos que seria grave porque ele estava a caminho do hospital, o normal seria ele estar todo estropiado mas não querer ir ao médico.

E pronto, lá veio recambiado para o Porto e está internado para ser operado amanhã.

Lá estão as superstições....na madrugada no 1 de Maio deveríamos ter postos as Maias não só nas portas mas também nas orelhas do homem...chiça...